Aumento de Imposto de Importação para Pneus

Sumário

[:pb]A Associação Nacional da Indústria de Pneus (Anip) está solicitando ao governo um aumento na tarifa de importação de pneus de 16% para 35% como medida de proteção para o setor nacional.  O setor aponta concorrência desleal de pneus asiáticos, em especial da China, que chegam ao País a preços inferiores ao custo de produção nacional. Já os importadores alertam a um aumento do custo de frete rodoviário, com potenciais reflexos nos preços de produtos transportados pelas estradas, caso o pedido seja atendido.

Conforme números apresentados pela Anip, a associação dos fabricantes de pneumáticos, a participação dos importados nas compras de pneus de carros de passeio e de caminhões no Brasil chegou a 52% em 2023. Nos cinco primeiros meses deste ano, a fatia já tinha aumentado para 59%.

Até 2017, os pneus importados respondiam por menos de 30% do consumo. Desde então, porém, enquanto as vendas da indústria nacional caíram 18%, as importações mais do que dobraram, marcando crescimento de 117% em volume nos últimos seis anos.

 

 

 

Do outro lado, a Abidip, associação que representa os importadores de pneus, prevê um aumento de 20% no preço do produto se o pleito da indústria nacional passar. Como as condições ruins das estradas brasileiras fazem com que as trocas de pneus dos caminhões sejam constantes, o frete, estima a entidade, deve ficar entre 2% e 5% mais caro, tendo assim reflexos na inflação dos produtos que dependem do transporte rodoviário.

Impactos gerados caso a media venha à tona:

  • Impacto no Transporte: Segundo o blog Pneufree.com, o aumento do custo dos pneus pode levar a um efeito cascata, elevando os preços do transporte de cargas e pessoas. Isso afetaria diretamente a logística, a indústria e o comércio, com consequências para o bolso do consumidor final.
  • Inflação em Alta: O aumento dos preços dos pneus, como insumo essencial, pode contribuir para a inflação, diminuindo o poder de compra da população e gerando instabilidade na economia.
  • Risco de Greves: O Sindicato dos Caminhoneiros, como já fez no passado, pode organizar greves em resposta ao aumento dos custos, paralisando o transporte de cargas e gerando ainda mais transtornos.

A petição online “Somos contra o aumento de impostos de importação de pneus #35nao”, disponível no site do Pneufree.com, convida a população a se manifestar contra a medida. O objetivo é pressionar o governo a reconsiderar a proposta e buscar alternativas que não prejudiquem o consumidor final.

Até o momento, a decisão não foi tomada, deixando espaço para que as importações ocorram normalmente. A Brasil Importex está disponível para realizar todos os estudos de viabilidade necessários para que você encontre o valor ideal para a sua importação.

Entre cm contato com nossos especialistas e inicie o quanto antes as suas importações.[:]