Tabela TIPI: saiba por que ela é importante para importação

Sumário

[:pb]O que você vai encontrar neste artigo:

A Tabela TIPI, regulamentada pela Receita Federal Brasileira, desempenha um papel fundamental no dia a dia das empresas que lidam com produtos industrializados. Ela é responsável por indicar a incidência do imposto sobre produtos industrializados, conhecido como Imposto sobre Produto Industrializado (IPI).

Ao consultar a Tabela TIPI, é possível identificar a classificação fiscal correta dos produtos, de acordo com as categorias, seções, capítulos e subcapítulos contidos no Sistema Harmonizado (NBM/SH), seguindo a Tabela de Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM).

É importante ressaltar que a tabela passa por atualizações frequentes, por isso é essencial consultar sempre a versão mais recente para garantir o cumprimento com a legislação vigente.

imagem de contêineres no porto esperando para serem importados

Benefícios para empresas e para o Governo

A utilização da Tabela TIPI e da Tabela NCM  traz benefícios tanto para as empresas quanto para o Governo. Para as empresas, classificar corretamente os produtos de acordo com a TIPI e a NCM é essencial para evitar erros fiscais e garantir o cumprimento das obrigações tributárias

Além disso, a padronização fornecida pela TIPI e pela NCM facilita o comércio internacional, pois permite uma identificação clara e precisa das mercadorias. 

Já para o Governo, essa estrutura de classificar e incentivar é fundamental para o controle aduaneiro, a fiscalização e arrecadação de impostos, garantindo uma gestão eficiente e transparente dos produtos industrializados no país. Portanto, a Tabela TIPI e a Tabela NCM desempenham um papel essencial no comércio e na apreciação de produtos.

A estruturação da Tabela TIPI

A estrutura da Tabela TIPI é organizada de acordo com o grau de importância do produto para a sociedade. Ou seja, quanto mais relevante o produto é, menor será a alíquota incidente de IPI

Essa classificação é determinada com base nas seções, capítulos e subcapítulos do Sistema Harmonizado, que é uma referência para a classificação de mercadorias em todo o mundo. Vale ressaltar que a tabela é constantemente atualizada pela Receita Federal, sendo que a versão da tabela TIPI 2023 possui mais de 400 páginas em formato PDF.

Vale destacar que a alíquota zero é uma forma de redução do valor a recuar, e não uma isenta de pagamento. Isso significa que, mesmo que a alíquota seja zero, ainda é necessário declarar o produto e informar a sua incidência na declaração de imposto.

Além disso, o IPI é utilizado pelo governo como um mecanismo regulatório de consumo, podendo ser reduzido ou zerado para estimular o consumo de determinados produtos. Dessa forma, o governo pode controlar as vendas e fomentar a economia, ao mesmo tempo em que estimula a produção e o comércio de produtos essenciais para a sociedade.

Leia também:

>>> Importação: saiba as vantagens de buscar fornecedores com uma empresa qualificada

Diferenças cruciais: Tabela TIPI e Tabela TEC na apresentação de produtos

Para evitar problemas fiscais e garantir a conformidade nas operações comerciais, é essencial compreender a diferença entre a Tabela TIPI e a Tabela TEC. Embora ambas as tabelas forneçam informações sobre o código NCM e a descrição dos produtos, existem distinções importantes entre elas.

Como mencionamos, a Tabela TIPI concentra-se na indicação da alíquota do IPI. Por meio dessa tabela, é possível identificar a alíquota correspondente a cada produto, considerando a sua classificação de acordo com o Sistema Harmonizado. Essa tabela é atualizada pela Receita Federal e é fundamental para o cálculo do IPI.

Por outro lado, a Tabela TEC, também conhecida como Tarifa Externa Comum, está relacionada à alíquota do Imposto de Importação. Essa tabela incorpora todas as alterações realizadas no Sistema de Harmonização e é determinada pela Câmara de Comércio Exterior (CAMEX). A vigência das modificações na NCM é orientada de acordo com os dados de publicação da legislação definida pela CAMEX.

Ao emitir um documento fiscal, é importante ter em mente que a Receita Federal considera a revogação da NCM de acordo com as normas protegidas pela CAMEX, e não a revogação presente na Tabela TIPI. 

Portanto, é crucial estar atualizado em relação a ambas as tabelas para evitar multas e outros débitos, garantindo o cumprimento adequado das obrigações fiscais e aduaneiras.

Garanta a conformidade fiscal: a importância da Tabela TIPI na gestão de empresas

A Tabela TIPI é um documento de extrema importância para a gestão de empresas que atuam com a comercialização de produtos, sejam eles nacionais ou importados. Com ela, é possível verificar a alíquota correta do IPI que deve ser aplicada em cada produto, evitando assim pagamentos financeiros, multas e problemas com a Receita Federal.

Além disso, a Tabela TIPI é um instrumento regulador que tem como objetivo estimular o consumo de determinados produtos, esperando ou zerando a alíquota de impostos, o que pode ser uma excelente oportunidade para empresas que desejam alavancar suas vendas em determinados segmentos.

Por isso, manter-se atualizado sobre as alterações na Tabela TIPI é fundamental para a gestão de negócios, e contar com o auxílio de um sistema de gestão tributária pode ser a solução ideal para garantir o compliance fiscal de sua empresa e evitar problemas com a legislação tributária. 

Aqui na Brasil Importex, atuamos desde a análise de viabilidade da sua importação até a entrega do seu produto na porta da sua empresa.

Além disso, nós oferecemos uma série de recursos para manter o cadastro de produtos atualizados e em conformidade com a Tabela TIPI,  garantindo também a correta aplicação da tabela.

Imagem antes de importar ou exportar fale conosco

Leia também:

>>> Quais os melhores produtos/segmentos para importar?

>>> Impostos de importação: quais são os mais importantes?[:]